Os diferentes tipos de estresse

Entenda os diferentes tipos de estresse e como tratá-los publicado 14 de julho de 2017.

O estresse afeta cada um de forma diferente de acordo com sua causa e efeito. Existem diferentes tipos de estresse reconhecidos por estudos clínicos e pesquisas. Cada tipo têm diferentes abordagens para tratamento. Existem basicamente três tipos conhecidos: o estresse agudo, agudo episódico e o crônico. Existe também um quarto tipo de estresse, o psicológico, que tem se tornado mais frequente.

Estresse agudo

Este é o tipo mais comum de estresse que resulta da pressão que alguém está sujeito no cotidiano da vida. Doses pequenas de estresse agudo podem ser benéficas, por exemplo, em atletas quando estão a ponto de competir em um evento. O estresse agudo dispara a produção de adrenalina dando mais energia à eles, os atletas assim podem dar o seu melhor.

Sintomas comuns incluem dores nas costas ou pescoço, tensão muscular, dor de cabeça, batimentos cardíacos acelerados, palmas das mãos suadas e mãos ou pés frios.

Estresse agudo episódico

Algumas pessoas podem sentir os sintomas do estresse agudo com mais frequência do que outras, essas geralmente focam demais em organização e falham sempre quando se trata de desempenho. Ficam geralmente muito irritadas com elas mesmas e/ou com o ambiente ao seu redor. Isto também explica porque elas acham seu ambiente de trabalho um ambiente tão estressante.

Uma outra maneira de se apresentar o estresse agudo episódico é a preocupação excessiva. A pessoa passa a ser mais pessimista sobre situações cotidianas, sempre projetando o que poderia dar errado. Acabam ficando tensas e ansiosas sem nenhuma razão aparente.

giphy-40

Estresse crônico

Esse tipo de estresse desgasta qualquer um. Além disso, com o tempo, pode produzir e afetar pessoas tanto emocionalmente quanto fisicamente. A maioria das formas de estresse crônico são causados por traumas, por acontecimentos difíceis de serem superados e que continuam a afetar a vida cotidiana.

Um problema com o estresse crônico é que as pessoas frequentemente acreditam que ele é algo que faz parte das suas características, elas sentem que não conseguem tirar isso de dentro delas, o que só torna o tratamento mais difícil porque a pessoa afetada geralmente ignora o fato e o diagnóstico. Apesar disso, pode ser tratado com procedimentos de gerenciamento de estresse e tratamentos comportamentais.

Estresse psicológico

Diferente dos tipos citados acima, o estresse psicológico se preocupa com a habilidade de resposta de uma pessoa em dada situação, ou para ser mais específico, pela perda dessa habilidade. Durante circunstâncias perigosas e difíceis, seu corpo produz hormônios conhecidos como adrenalina e cortisol que incitam o corpo a tomar uma atitude.

Compare isso com o carregamento de uma bateria que produz alta voltagem. No caso de alguém que sofre de estresse psicológico, o corpo falha em descarregar a grande quantidade de energia que produz. Assim a crescente taxa de batimentos cardíacos e a produção de adrenalina podem causar problemas fatais no coração.

Existem várias coisas que podem causar estresse psicológico. O estresse pode por exemplo ser causado por algum problema emocional do passado ou ansiedade. O problema das pessoas que sofrem com estresse psicológico é que elas têm tendência a aumentar ainda mais o estresse se sujeitando a situações ainda mais estressantes. Hoje, existem diversos grupos de aconselhamento com o intuito de ajudar pessoas a conquistarem novamente o controle de suas vidas.

Via Brazia.TV

Valeu! Agora você estará sempre por dentro do mundo Brodda!

Clique aqui para fechar! X