Não vá às compras quando estiver “para baixo”

Se você está triste, nem pense em ir fazer compras para se animar publicado 13 de dezembro de 2016.

Ir às compras em momentos de tristeza, desânimo ou chateação pode fazer mal para o bolso. Aliás, vender alguma coisa quando você está num estado emocional ruim também.

 

giphy-18

Segundo especialistas em Psicologia Econômica, área que estuda a ligação entre emoções, racionalidade e a tomada de decisões, um estado de espírito “para baixo” pode nos levar a perder o filtro, gastando demais e comprando coisas que não compraríamos se estivéssemos serenos ou de bom humor.

É como se o consumo fosse uma tentativa de amenizar a tristeza. Alguma vez você já foi dar uma volta no shopping ou comprou algo por impulso pela internet para se animar? Ou porque estava passando por um momento difícil e pensou “eu mereço”?

giphy-16

O problema é que essas atitudes podem se converter em arrependimento mais tarde. Quando seu astral volta ao normal, você percebe que pagou caro ou comprou algo que não teria comprado em seu estado natural.

O cartão de crédito pode ser uma cilada nesses momentos, veja 7 dicas de como usá-lo de maneira inteligente!

O mesmo problema pode ocorrer ao vendermos um bem. O desânimo pode fazer você baixar o preço sem pensar. A vontade de se livrar daquele estado emocional incômodo pode ser associada a se livrar do bem, levando você a aceitar qualquer negócio.

giphy-17

Por isso, evite usar as compras como remédio para a tristeza, preferindo consumir quando estiver bem.

Na hora de investir, ao contrário, o estado de espírito “para baixo” pode ser benéfico. Uma certa dose de mau humor e pessimismo pode ser saudável, pois esses sentimentos deixam as pessoas desconfiadas.

Via Genial

Valeu! Agora você estará sempre por dentro do mundo Brodda!

Clique aqui para fechar! X